Escoteiros do Brasil | Redes Sociais | Pular para o conteúdo | Meu Paxtu | Paxtu | Contato

Você está em: Página Inicial › noticias  
 

31/03/2019 - 12:03 . Autor: Winder Garcia . Visitas: 17

Comitê Escoteiro Mundial emite nota sobre Direitos Humanos

Em reação à recente aprovação de legislação sobre a homossexualidade em Uganda, o Comitê Escoteiro Mundial (CEM) emitiu uma declaração sobre o respeito aos Direitos Humanos dentro do Escotismo. 


No documento, o CEM reafirma seu compromisso mundial com os valores do Escotismo e o reconhecimento, pelo Movimento Escoteiro, da santidade dos Direitos Humanos, que devem ser aplicados sem exceção ou discriminação. 


A declaração na íntegra faz parte da circular 15/2014 da Organização Mundial do Movimento Escoteiro (OMME) e pode ser conferida a seguir.

 

 

Declaração do Comitê Escoteiro Mundial sobre o respeito aos Direitos Humanos

Caros colegas,

O Comitê Escoteiro Mundial (CEM) realizou, recentemente, sua última reunião em Genebra, na Suíça. Na ocasião, foi considerado e aprovado o relatório final do Grupo de Trabalho de Direitos Humanos (GTDH), que foi criado para trabalhar durante o último triênio em questões que tinham sido levantadas, mas não resolvidas, na última Conferência Mundial Escoteira.

 

O relatório do GTDH e as propostas decorrentes desse relatório, que foram aprovadas pelo CEM, será apresentado na próxima Conferência Mundial Escoteira, na Eslovênia, em agosto deste ano.

 

Em resposta a recentes ocorrências relacionas aos Direitos Humanos em várias partes do mundo, o CEM também elaborou e aprovou por unanimidade uma nova “Declaração do Comitê Escoteiro Mundial sobre o respeito aos Direitos Humanos”. Essa declaração será publicada no site do Escotismo Mundial:www.scout.org.

 

Reconhecemos que todas as Organizações Nacionais Escoteiras (ONEs) devem operar dentro de seus contextos nacionais e gostaríamos de reenfatiza o status apartidário e voluntário do Escotismo como um movimento juvenil educacional global.

 

No entanto, a Organização Mundial do Movimento Escoteiro (OMME), como um todo, é clara em seu inequívoco apoio aos Direitos Humanos. Estes, inclusive, foram expressos na Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU de 1948 e continuam a evoluir.

 

Os valores promovidos pelo Escotismo Mundial são expressos dentro da Lei e Promessa Escoteira. A partir desses valores, entende-se que a dignidade do ser humano deve ser valorizada em cada programa e atividade escoteira.

 

Queremos enviar uma mensagem clara em nível global, reafirmando publicamente nosso compromisso mundial com os valores do Escotismo e o reconhecimento pelo Movimento da santidade dos Direitos Humanos, que devem aplicar-se sem exceção ou discriminação.

 

Pedimos que, qualquer membro individual do Escotismo que encontre sua própria posição sendo incompatível com os valores acordados pelo Movimento Escoteiro, reconsidere seriamente a sua própria posição, especialmente no contexto de todas as consequências adversas para o Escotismo que pode ser erroneamente derivadas a partir dela.

 

Educação é o coração de mudar o mundo e nós não hesitaremos ou seremos distraídos desta missão vital.

 

Comitê Mundial Escoteiro
Março 2014


UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL - GOIÁS
Rua 74 nº 271, Setor Central - CEP 74045-020
Goiânia - Goiás - Brasil - (62) 3092-3700
Organização Mundial do Movimento Escoteiro